Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

30 de set de 2009

Doze Barradinhos

Sempre que eu vejo essas barrinhas bordadas enfeitando toalhas, panos de prato, prateleiras e tudo o mais, eu lembro da minha vózinha, que sempre tinha uma agulha de crochê pronta pra dar o arremate nos trabalhos em ponto cruz que ela mesma fazia. E fica tudo tão lindo, né? O crochê é o gran finale pra qualquer peça bordada, seja em ponto cruz, oitinho, cheio, vagonite, o que for! Os barradinhos têm a cara do passado, mas só pela doçura das lembranças, pq eles nunca perdem esse toque atual, porque combinam com quase tudo, do quarto à cozinha! Então, o que a gente tá esperando? Bóra bordar e bordar e... BORDAR! Estes barradinhos foram feitos com o maior carinho do mundo, só pra vcs! :-D

Seção: Se foi graficulado é porque é BOM!!

Diante de tantos blogs maravilhosos que tenho visitado nesse tempo em que criei o Graficulando e diante do prazer que essa prática tem me dado, resolvi criar não um selo, mas uma seção: Se foi grafiuclado é porque é BOM! Ou seja, vou graficular os "slogans" (ou cabeçalhos), ou algo que faça lembrar um blog que eu tenha achado realmente bom de ver, de ler, enfim, de existir! E começo com um blog que me encantou desde a primeira visita, pq a dona dele, a Alessandra Cocate, é formada em Artes e faz do blog uma forma bastante generosa de levar aos que se preocupam com a educação um excelente recurso didático, além de mostrar as coisas belas que ela mesma faz, e ainda dar dicas de artesanato, decoração, tudo isso que a gente gosta tanto de ver. Um bjo pra Alê, e que o Cântaro nunca se quebre! :-D E com vocês, o gráfico do Cântaro:

28 de set de 2009

Borboletas, bonitinhas, caiam fora do rosal...

Como todos já devem saber, eu adoro borboletas, apesar de o meu passado me condenar... rs. Este gráfico eu fiz e usei por um bom tempo como meu papel de parede, acreditem se quiser! Eu acho linda essa combinação da cor vibrante das borboletas com os tons de cinza das folhas, cria um visual, a meu ver, elegante, e cai muito bem em um quadro, ou em uma almofada, ou você pode usar só as borboletinhas pra bordar onde você quiser. Use e abuse das linhas e do etamine, esses bichinhos merecem!!
A última imagem é a visão geral do gráfico depois de montado, ok?


Selinho

Gente, dia desses eu fui presenteada com mais um carinho que vem através de um selo, e esse em particular eu gostei muito, porque retrata muito bem como me sinto em relação tanto ao meu blog (que é minha atual paixão, lógico... rs) e pelos de vocês, nos quais eu só não estou todo santo dia espiando porque o tempo (e o trabalho!) não deixa! rs. Eu ganhei da Vivi, que tem um blog tão delicioso, cheio de coisas de crochê que dá vonta de chorar, sem falar as revistas que ela disponibiliza lá pra download. A Vivi é daquelas pessoas tipo generosas congênitas, e eu acho isso um luxo só! :-D. Tô postando o selinho super atrasada, pq a p*********rra do blogger tava me boicotando! E ainda tá, pq foi uma luta caranguejestica pra conseguir botar este selo aqui hj, humpf! Enfim! rs.
Vivi, minha linda, obrigada pelo carinho!

Ah, sim, tem as regras, né? Então lá vai: oito coisas que não saem da minha cabeça:
- meu blog;
- minha família, que é toda espalhada pelo Brasilsão de meu Deus;
- meu trabalho;
- minha cama! kkkkkkkkkkkkkkkkk :-S
- meu cabelo! :-|
- nesse exato momento não consigo deixar de pensar que oito é um número muito altooo! rs
- minha casinha, tadinha, que tá tão desamparada...
- duas cadeiras que eu mesma fiz, e que tão ali só esperando eu terminar de costurar as almofadas, tsc...

Tem que indicar também, mas como os blogs de todas vocês tão sempre na minha cabeçona, eu indico pra todas que vêm ao Graficulando, ok? ;-) E mais tarde eu vou passear por eles, com certeza! :-P
Bjos, e eu volto poraqui na quarta-feira. Boa semana pra todos!

24 de set de 2009

Quem é do mar não enjoa...

Eu não gosto muito de frutos do mar, não. Gosto de camarão e, dependendo da falta de preguiça, um caranguejozinho também entra bem. Preguiça porque haja disposição pra comer caranguejo, putz! O tempo que eu passo quebrando as perninhas de um deles já é mais que suficiente pra minha fome e aminha vontade de comer passe totalmente. Eu conheço gente que se acaba comendo aquilo, faz todo um ritual, desentranha tudo o que tiver pra comer de um caranguejo, eu fico maravilhada com isso, mas continuo com preguiça, tem jeito não.
Meu irmão e alguns amigos dele tão nessa lista de adoradores da arte de comer caranguejo. Dia desses ele, uma amiga e outro amigo compraram 10 caranguejos pra saborear no almoço de domingo. Só que eles tiveram que esperar um evento lá (num lembro o quê) e voltaram pra casa, desceram do carro e deixaram os caranguejos (vivos!) embalados em uma sacola plástica no veículo. Não parece óbvio, pra vocês, o que aconteceu depois?
Claro que, quando os três voltaram pro carro este estava infestado de crustáceos pra tudo quanto é lado: um deles procurava desesperado a chave (provavelmente pra ligar o carro e fugir do destino cruel que o aguardava); outros três descansavam sossegadamente no banco de trás do veículo (não pareciam nem aí pro seu Procópio se estavam à beira de serem devorados); mais dois estavam embaixo do banco do carona e outros dois discutiam furiosamente sobre algum tema polêmico (eles tavam pendurados na bonequinha Hello Kitty que balançava frenética por cima do volante), pq a briga já tava feia ali dentro, dava pra ouvir os “tlec-telec-telec-tlec” de longe.
Enquanto isso o Titão, amigo do meu irmão, encontrou uma excelente alternativa pra fisgar os bichinhos: um pegador de macarrão! Nesse cenário caótico meu irmão e a Lelê, sua amiga e dona do carro, sofriam muito, rindo desesperados dos caranguejos fujões e do Titão com o pegador de macarrão nas mãos. De repente eles se deram conta de que ainda faltavam dois caranguejos a serem resgatados. Pra surpresa da dupla, iam-se os ditos dois bichos cascudos fugindo, de pinças dadas, descendo a ladeira que nem o Brasil de Moraes Moreira. É claro que os pobrezinhos não foram muito longe, pois o pegador de macarrão não perdoou e colheu-os de volta. Eu não estava presente, mas deve ter sido um domingo, no mínimo, interessante. Menos pros caranguejos, lógico, que foram o prato principal do almoço.
Enfim, tem coisas que só acontecem com o Botafogo – outras, só na minha família... rs. Deixo vocês na companhia desta semaninha de frutos do mar, super simples e totalmente inspirada na aventura domingueira do meu irmão. :-D
Bjos!
PS.: os nomes dos atores desta tragicomédia foram modificados pra manter a dignidade dos malucos.







21 de set de 2009

A melhor marca (The best mark)

Difícil alguém que não goste de ler, né? Eu gosto MUITO, a leitura tanto é um dos meus passatempos favoritos como é parte fundamental do meu trabalho. A maioria dos livros que eu leio em um ano são sempre direcionados a alguma área da vida acadêmica de alguém: Psicologia, Direito, Serviço Social, Administração, Pedagogia, Filosofia e até Ciências Econômicas. Mas pra me distrair eu leio romances daqueles melequentos, alguns best-sellers, até em poesia - que não é definitivamente a minha praia - eu ando me aventurando... rs. Mas e pra não se perder na leitura, o que vcs fazem? Eu uso marcadores de livros, alguns feitos por mim mesma, mas quando não tenho eu uso até papel de saco de pão - tudo pra não dobrar a pontinha da página de um livro, coisa que eu acho um crime inafiançável!!! Então, por que não deixar sua marca, bordando alguns marcadores super coloridos e cheios de efeitos, como estes abaixo? É só respirar fundo (eles estão grandes, eu sei, mas tem livros que são enoooormes, não tem? Poisé! rs), se armar de Dohler, Anchor Mouliné e Groz Beckert e pôr mãos à obra!


18 de set de 2009

Tudo vale a pena, se o motivo for pequeno!

Oi, gente! Desculpem estar há tanto tempo sem postar, é que o trabalho me chamou radicalmente esta semana, mal tinha tempo pra vir aqui dar uma olhadinha... rs. Celavi!!
Eu adoro - ADORO - mini-motivos. Na época em que ainda bordava eu vivia cercada de pedacinhos miúdos de etamine que aqui e ali se transformavam em pequenos mimos, ímãs de geladeira, marcadores de livros, essas coisas que dá pra gente fazer com micro pedaços de etamine, linha e agulha, né? Deixo aqui pra vcs alguns que graficulei, e até segunda ou terça-feira, no máximo, colocmais. Vou postando na medida emque for graficulando, combinado? Tão tá! O que tá saindo do forno? eu digo pra vcs: bichinhos, "paisagens", bonecas, flores, borboletas e mais uma ruma de coisa, tudo minúsculo e bem bonitinho... rs. Espero que gostem - eu adorei trabalhar neles!
Bjão, e bom final de semana a todos!

Related Posts with Thumbnails